terça-feira, 10 de março de 2009

Do fundo do mar..


Adolescentes que comem peixe são mais inteligentes, afirma estudo.

Comer peixe favorece a inteligência, concluiu um estudo sueco publicado nesta segunda-feira (9). Segundo o levantamento, os adolescentes que consomem o prato têm coeficiente intelectual (QI) mais alto. "Descobrimos uma relação clara entre o comer peixe com frequência e os índices elevados" de QI em adolescentes, disse em comunicado Kjell Torén, que realizou o estudo para o hospital universitário Sahlgrenska, de Goteborg, na Suécia. A pesquisa analisou o QI e as capacidades de expressão e orientação espacial de 3.972 suecos de 15 anos em 2000, que foram comparados três anos depois, no exame médico de convocação para o serviço militar. Os rapazes que em 2000 comiam peixe pelo menos uma vez por semana tinham pontuação 7% mais elevada em seus testes de QI realizados três anos mais tarde. Mas os que comiam peixe mais de uma vez por semana registravam pontuação 12% mais elevada que a média. "Há uma correlação clara entre o consumo regular de peixe aos 15 anos e maiores possibilidades intelectuais aos 18", concluiu Maria Aaberg, coautora do estudo, citada no comunicado. Em termos de capacidades de expressão, os jovens de 18 anos que comiam peixe uma vez por semana aos 15 anos apresentaram resultados 4% melhores que a média; esse percentual subiu para 9% para os que consumiam peixe mais de uma vez por semana. Em relação à percepção espacial, os índices foram de 7 e 11%, respectivamente. O peixe é uma fonte de ômega-3, ou seja, de ácidos graxos, que já tiveram demonstrada sua importância para o desenvolvimento e o funcionamento do cérebro. Alguns estudos também mostraram que comer peixe durante a gravidez favorece o desenvolvimento intelectual do feto, assim como retarda a decadência dos neurônios nos idosos. da France Presse, em Estocolmo. Retirado de Folha Online

Agora eu pergunto será que as "nossas" escolas, sejam elas publicas ou particulares, comunitarias ou sectarias, ricas ou pobres, do sudeste ou do nordeste, estão servindo peixe em suas refeições???
Inté mais Rogério Wong

Um comentário:

Carlos Norberto de Souza disse...

Se muitos colégios que existem por aí, não só os públicos, de péssima qualidade no ensino oferecessem peixe na merenda, ajudaria a amenizar os prejuízos da má aprendizagem!